Visitante!
Faça seu Login ou Registre-se!

Galeria de Jogos

C# para iniciantes - Aula 1: Variáveis 3 Respostas | 189 Visualizações

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

MayLeone

  • *
  • Mensagens: 463 Ouro: 1124

    Vencedor CRM Awards - Melhor Eventer Membros que se destacaram no Mega-Evento de Reconstrução

  • CRM
    • Unity
    • Ver perfil
  • Óculos do Rickas
C# para iniciantes - Aula 1: Variáveis
Online: 01 Jul 2017, 18:14
Introdução:
Olá, na primeira aula de hoje sobre C# para iniciantes nós vamos abordar o assunto sobre as variáveis.
Mas afinal de contas, o que é uma variável?
Resposta: A variável é um tipo primitivo de dado em C# que tem como principal função guardar/armazenar valores.
Imagine as variáveis como uma caixa que guarda objetos: Você quer organizar as suas caixas de acordo com o objeto específico que ela vai armazenar, por exemplo, uma caixa que só guarde sapatos, outra caixa que somente guarda figurinhas, e uma outra caixa que somente armazena biscoitos.
Note que cada caixa possui um tipo específico de objetos armazenados, não é? Pois então, as variáveis são como essas caixas, cada uma delas armazenarão tipos específicos de dados, quer ver?



Iniciando a aula:
Para seguir com nossas aulas é de suma importância que você tenha instalado em seu computador o programa Visual C# Express ou até mesmo o Visual Studio, para que você possa visualizar os exemplos na íntegra e também treinar seus códigos, pois ambos programas são compiladores da linguagem C#.
Com seu Visual C# ou Studio aberto, vá em "File >> New Project >> >> Em 'Templates' escolha C# e vá em >> Console Application e na opção "Name" você digitará "Aula1":



Quando você clicar em Ok você abrirá a seguinte tela:



Sobre as bibliotecas, classes e métodos, nós iremos discutir isso nas aulas posteriores, onde você vai entender o que de fato são e como funcionam, porém nessa primeira aula nós vamos utilizar a aplicação de console (Console application) para criarmos algoritmos em C# de exemplo, para que você possa visualizar o funcionamento das variáveis na íntegra.
O algoritmo será escrito na parte ''início do bloco'' como mostrado na imagem acima.
Tenha em mente que esses blocos de códigos devem conter sempre seus respectivos terminais, ou seja, o início do bloco que é representado pela chave aberta: ''{'' e o final do bloco, a chave fechada ''}''.
Nessa primeira aula não iremos abordar o assunto sobre terminais, mas lhe garanto que nas aulas posteriores esse assunto voltará, não se preocupe.



Valores inteiros e operações:
Para iniciar nossa aula terei como exemplo clássico a variável do tipo inteiro (int), que tem como função apenas armazenar valores numéricos do tipo INTEIRO, ou seja, números negativos e positivos, mas que não possuem casas decimais!
Uma variável do tipo inteiro é muito útil para armazenar valores que não possuem valores 'quebrados', como a idade de uma pessoa, a placa de um carro, uma senha, os dias da semana e etc.
Para definir uma nova variável em C# você primeiramente deve especificar seu tipo, ou seja, deve escrever que ela armazena valores inteiros, por exemplo.
Para isso basta escrever 'int':



À frente da palavra 'int' você criará a variável a partir de um nome, este nome pode ser qualquer um que você queira adotar, contanto que não inicie com números (773variavel), por exemplo, ou tenha caracteres especiais e acentuações, por exemplo (*variavel##) ou (variável).
O nome é criado da forma como o programador desejar, mas é sempre bom aconselhar que quanto mais o nome seja objetivo e curto, melhor será para você na hora de programar, em outras palavras, colocar o nome da variável conforme a sua 'função' é uma boa tática:



Note a variável ''pontos''. Ela é uma variável de exemplo, que, possivelmente poderá armazenar o valor dos pontos de um jogo qualquer.
Uma coisa que você não deve esquecer é que após criar sua variável você deve adicionar um ponto e vírgula (;) após seu nome para indicar o final deste comando.
Você também pode criar mais de uma variável na mesma linha de código, se você desejar criar várias variáveis de um mesmo tipo de uma vez só, por exemplo:



Perceba que as variáveis são diferenciadas pela separação por uma vírgula (,) e que o comando encerra com o ponto e vírgula (;).

Como as variáveis inteiras são do tipo ''numéricas'', ou seja, trabalham com NÚMEROS, nós podemos realizar operações matemáticas com elas.
O símbolo de mais (+) faz com que possamos somar duas variáveis ou até mesmo dois números, por exemplo.

Vamos criar um algoritmo que solicite para o usuário que ele digite um número qualquer, e após ele digitar esse número nós iremos somar com 5 e mostraremos o resultado.
Para isso, primeiro nós criaremos nossa variável do tipo inteiro com o nome de ''numero''.
Para exibir uma mensagem de texto ao usuário na aplicação de console, nós utilizamos o comando "Console.WriteLine();" que literalmente significa ''Escrever linha", ou seja, com esse comando é possível escrevermos textos a serem exibimos na tela de debug.
Dentro do parênteses deste comando e entre aspa duplas (") nós podemos escrever o seguinte: "Olá, usuário! Digite um número qualquer":

Spoiler
Código: [Selecionar]
using System;
using System.Collections.Generic;
using System.Linq;
using System.Text;

namespace Aula1
{
    class Program
    {
        static void Main(string[] args)
        {
            int numero;
            Console.WriteLine("Olá, usuário! Digite um número qualquer");
        }
    }
}
[close]

O número digitado pelo usuário deverá ficar armazenado na variável ''numero'' para que possamos trabalhar com ela, certo? Ou seja, o usuário irá digitar um texto (caractere) e apesar de ser um número, o compilador nesse primeiro momento vai entender que aquilo que foi digitado pelo usuário foi um texto e não um número de fato.
Um texto não pode realizar operações de soma, por exemplo, por isso nós devemos converter o que foi digitado pelo usuário para número do tipo inteiro, assim:

numero = Convert.ToInt32(Console.ReadLine());

Explicando o trecho acima, ''numero ='' significa atribuição, ou seja, nós estamos atribuindo um valor para a variável ''numero'', estamos colocando alguma coisa dentro dessa variável.
O símbolo de igualdade (=) é utilizado para atribuição!
E o que está sendo ''colocando'' na variável ''numero''? Um Console.ReadLine(), mas o que é isso?
O comando Console.ReadLine é literalmente "Ler linha'', ou seja, ele vai ''ler'' na linha acima o que foi digitado e irá armazenar na variável ''numero'' o que foi escrito pelo usuário.
O comando Convert.ToInt32 é um método de conversão, neste caso, a conversão é para inteiro (int), e seu argumento (o que está entre os parênteses) é justamente o Console.ReadLine, ou seja, o que o usuário digitou. Em outras palavras, o argumento irá ''identificar'' o que será convertido.
Em resumo, esse trecho está armazenando dentro da variável ''numero'' o valor digitado pelo usuário e está o convertendo de caractere (texto) para inteiro (número).

Agora que a variável ''numero'' está devidamente convertida e armazena o valor digitado pelo usuário, podemos realizar a operação de soma com o número 5, após isso, o programa irá exibir o resultado dessa soma, ou seja, do valor digitado mais o número 5.
Para exibir algo para o usuário você já sabe como se faz, basta utilizar o comando: Console.WriteLine().
Para exibir um texto ou uma mensagem, como fizemos mais acima, você o digita entre aspas duplas, mas para exibir o valor de uma variável ou de uma operação matemática você simplesmente escreve a operação dentro do Console.WriteLine sem as aspas, assim:

Console.WriteLine(numero + 5);

Assim o programa irá exibir o resultado da soma entre o que há dentro da variável ''numero'' (o que o usuário digitou) e o número cinco.
Seu código deve estar assim:

Spoiler
Código: [Selecionar]
using System;
using System.Collections.Generic;
using System.Linq;
using System.Text;

namespace Aula1
{
    class Program
    {
        static void Main(string[] args)
        {
            int numero;
            Console.WriteLine("Olá, usuário! Digite um número qualquer");
            numero = Convert.ToInt32(Console.ReadLine());
            Console.WriteLine(numero + 5);
        }
    }
}
[close]

Para testar (debugar) seu código dê um F5 no seu teclado e uma janela de execução aparecerá:



Agora digite um número inteiro qualquer e perceba que o programa realiza a soma porém fecha a execução rapidamente, você não teve nem tempo de visualizar o resultado, não é?
Para acabar com esse desconforto, digite o código: Console.ReadKey(); que significa ''leia chave'', no caso da programação ''leia tecla'', que só fará o programa fechar e parar a execução quando o usuário pressionar uma tecla qualquer, assim você poderá ver o resultado da soma.



Veja que eu digitei o número ''20'' e logo abaixo o programa me retorna o valor 25 que é justamente a soma do meu valor digitado + o número 5, certo? Ou seja, o algoritmo está funcionando devidamente.

Você pode também utilizar o comando Console.WriteLine para exibir mais de um dado, ou seja, você pode exibir um texto e o resultado dessa soma numa mesma linha de código, basta separar os dados por uma sinal de soma (+), assim:

Console.WriteLine("A soma do seu número digitado com o 5 é" + (numero +5));

Olha como que fica no debug:



Outro meio de exibir dados no Console.WriteLine é a utilização dos index das operações e variáveis dentro de um texto, por exemplo, querer exibir o valor digitado pelo usuário, e o seu resultado, ficando assim:

Console.WriteLine("O valor digitado pelo usuário foi {0} e a soma com o número 5 resultou em {1}", numero, (numero+5));

Onde dentro das chaves você informa o index da variável a ser exibida, sendo a primeira variável tendo sempre o index 0, a segunda tendo index 1, e assim sucessivamente, separando após o texto, as variáveis a serem exibidas por vírgulas:



Note que dessa forma a exibição dos valores ficou mais organizada, mas lembre-se que este é apenas mais um modo de exibir algo para o usuário, e as duas formas de exibição aqui mostradas nessa aula estão corretas e funcionam.

No exemplo acima nós somamos uma variável com uma constante (ou seja, um valor que não se altera, o número 5, por exemplo) mas você pode também somar variáveis com outras variáveis, por exemplo:
Vamos criar um algoritmo que solicite dois números ao usuário e ao final exiba para ele o resultado desta soma, ficaremos com o seguinte código:

Spoiler
Código: [Selecionar]
using System;
using System.Collections.Generic;
using System.Linq;
using System.Text;

namespace Aula1
{
    class Program
    {
        static void Main(string[] args)
        {
            int numA, numB;
            Console.WriteLine("Olá, usuário! Digite um número qualquer");
            numA = Convert.ToInt32(Console.ReadLine());
            Console.WriteLine("Por favor digite mais um número!");
            numB = Convert.ToInt32(Console.ReadLine());
            Console.WriteLine("A soma de {0} com {1} é igual a {2}", numA, numB, (numA + numB));
            Console.ReadKey();
        }
    }
}
[close]

No debug você terá algo assim:



Até agora nós fizemos uma única operação matemática que foi a soma, mas obviamente você poderá fazer outras operações como subtração, multiplicação, divisão, e ainda acessar o resto de uma divisão! Basta utilizar seus respectivos operadores:

Adição +
Subtração-
Multiplicação *
Divisão /
Resto %

Veja abaixo um exemplo de código que exibe a soma, subtração, multiplicação, divisão e resto da divisão entre dois números fornecidos pelo usuário:

Spoiler
Código: [Selecionar]
using System;
using System.Collections.Generic;
using System.Linq;
using System.Text;

namespace Aula1
{
    class Program
    {
        static void Main(string[] args)
        {
            int numA, numB;
            Console.WriteLine("Olá, usuário! Digite um número qualquer");
            numA = Convert.ToInt32(Console.ReadLine());
            Console.WriteLine("Por favor digite mais um número!");
            numB = Convert.ToInt32(Console.ReadLine());
            Console.WriteLine("Soma: {0} \nSubtração: {1} \nMultiplicação: {2} \nDivisão {3} e resto da divisão: {4}", (numA + numB), (numA - numB), (numA * numB), (numA / numB), (numA % numB));
            Console.ReadKey();
        }
    }
}
[close]



Dica: Foi utilizado o comando ''\n'' dentro do Console.WriteLine para pular uma linha!

Até aqui foi lhe mostrado um único tipo de variável (as variáveis do tipo inteiro) mas ainda tenho alguns outros tipos para lhe mostrar:



Números decimais:
Temos também os tipos de variáveis numéricas que trabalham com valores decimais (números quebrados com vírgulas) são as variáveis do tipo 'decimal', 'float' e 'double':



Perceba que para as variáveis do tipo ''decimais'', você precisa colocar a letra minúscula de seu tipo ao atribuir um valor à ela, diferente das variáveis do tipo inteiro:



Como são variáveis do tipo numéricas, você também pode realizar operações matemáticas com essas variáveis, por exemplo:

Spoiler
Código: [Selecionar]
using System;
using System.Collections.Generic;
using System.Linq;
using System.Text;

namespace Aula1
{
    class Program
    {
        static void Main(string[] args)
        {
            // Poupança onde o valor depositado rende em 0.40% de juros por mês!
            float valorDepositado;

            Console.WriteLine("Informe o valor a ser depositado");
            valorDepositado = float.Parse(Console.ReadLine());
            Console.WriteLine("Com o depósito de {0} reais, seu rendimento será de: {1} reais", valorDepositado, (valorDepositado * (0.40/100.0) + valorDepositado));
            Console.ReadKey();
        }
    }
}
[close]



Dica: Foi utilizado para a conversão do valor digitado pelo usuário para float o seguinte método:
float.Parse(); E sim, você pode utilizar o mesmo método para a conversão em double e decimal: double.Parse(); e decimal.Parse();




Strings:
Outro tipo de variáveis que podemos encontrar são as variáveis do tipo caracteres, que armazenam valores textuais.
Temos como exemplo o primeiro tipo de variável em caractere, a variável do tipo ''char'' (que significa caractere mesmo), onde a mesma armazena apenas  UM caractere específico, por exemplo:



Outro tipo de variável que aceita caractere é o tipo string (texto) que como o nome sugere, pode armazenar textos contendo vários caracteres:



Você pode utilizar a variável do tipo ''string'' para chamar o usuário pelo seu nome, por exemplo:

Spoiler
Código: [Selecionar]
using System;
using System.Collections.Generic;
using System.Linq;
using System.Text;

namespace Aula1
{
    class Program
    {
        static void Main(string[] args)
        {
            string nome;
            Console.WriteLine("Digite o seu nome");
            nome = Console.ReadLine();
            Console.WriteLine("Olá {0} bom te ver aqui", nome);
            Console.ReadKey();

        }
    }
}
[close]



Dica: Perceba que o usuário entra com um texto a ser digitado (seu nome) e no código não houve a necessidade da conversão para string (assim como ocorre com variáveis do tipo inteiras e decimais) porque o texto digitado pelo usuário já é de fato um caractere.

Como não são variáveis do tipo numéricas, essa variáveis em caractere não realizam operações matemáticas, mas se você somá-las, por exemplo, você poderá unir seus valores, por exemplo:

Spoiler
Código: [Selecionar]
namespace Aula1
{
    class Program
    {
        static void Main(string[] args)
        {
            string silaba1, silaba2;
            Console.WriteLine("Digite uma sílaba");
            silaba1 = Console.ReadLine();
            Console.WriteLine("Digite outra sílaba");
            silaba2 = Console.ReadLine();
            Console.WriteLine("A palavra formada com as sílabas fornecidas foi: {0}", (silaba1 + silaba2));
            Console.ReadKey();

        }
    }
}
[close]



Veja que mesmo digitando números, e apesar de o código somar essas variáveis, você não terá o resultado desta soma,
mas sim o agrupamento destes números digitados:



345 + 98 não é 34598, mas esse resultado nos foi fornecido porque aqui não estamos somando variáveis numéricas,
e sim variáveis do tipo caractere!



Variáveis lógicas:
E por fim, outro tipo de variável que você poderá se deparar são as variáveis do tipo boleanas (bool) ou também chamadas de variáveis lógicas, que retornam apenas dois tipos de informações: verdadeiro (true) ou falso (false).
São muito utilizadas para trabalharmos com estruturas de repetições e estruturas condicionais, mas deixaremos ambos assuntos para uma próxima aula, sim?



Aqui foi só uma breve apresentação desse tipo de variável. Eu gostaria de explicar melhor como utilizá-las em aulas posteriores, pode ser?



Finalização:
Então com isso nossa primeira aula sobre C# e suas variáveis chegou ao fim!
Olha só quanta coisa você aprendeu! Como abrir um console de aplicação no Visual Studio ou Visual C#, o que são variáveis, quais são seus tipos, como atribuir valores a elas, como realizar cálculos matemáticos com elas, como convertê-las e exibi-las na execução de debug e diversas informações importantes, não?
Com o conhecimento adquirido até aqui, creio que você esteja apto para realizar essas tarefas de fixação para treinar sua programação, que tal?

Spoiler
1) Crie um programa que solicite três números ao usuário que realize a soma entre os dois primeiros valores digitados e em seguida multiplique esse resultado pelo terceiro valor informado.

2) Crie um programa que solicite o nome de um aluno e suas notas em quatro disciplinas distintas, e por fim exiba sua média aritmética e o seu nome.

3) Crie um programa que solicite a quantidade de meses, e ao final exiba quantos anos se passaram de acordo com esses meses.

4) Crie um programa que solicite o valor total de uma compra, o valor a pagar pelo usuário e informe seu troco.

5) Crie um programa que solicite 4 palavras diferentes ao usuário e ao final exiba a frase que foi formada a partir dessas palavras.
[close]



Corvo
  • *
  • Mensagens: 1619 Ouro: 942

    Entregue ao(s) vencedor(es) do evento Contos de um Hallowen Esquecido.

  • Beep.
    • RPG Maker 2k/2k3
    • Steam
    • Pinterest
    • Ver perfil
  • Capacete de FerroPhoenixNightwalkerEbony ArmorAnel de Rubi
C# para iniciantes - Aula 1: Variáveis
Resposta 1 Online: 07 Jul 2017, 16:20
Curioso. Tinha visto esse tópico, jurava até que comentei, mas nem tinha lido  :sera:
[close]

Agora sim entendi os comandos. Até parecem ser bem semelhantes aos de JS. Por aqui não ficou nenhuma dúvida. Assim que tiver um tempinho vou ver o que consigo com esses exercícios. Obrigado pela aula e aguardo as próximas. o/

MayLeone

  • *
  • Mensagens: 463 Ouro: 1124

    Vencedor CRM Awards - Melhor Eventer Membros que se destacaram no Mega-Evento de Reconstrução

  • CRM
    • Unity
    • Ver perfil
  • Óculos do Rickas
C# para iniciantes - Aula 1: Variáveis
Resposta 2 Online: 11 Jul 2017, 03:24
Que bom que essa aula esclareceu suas dúvidas e tudo ficou um pouco mais claro! Em breve trarei a sequência de outras aulas com os outros comandos primitivos do C# e aquele tutorial do tic tac toe vai fazer todo sentido, ok?

Até mais e não deixe de acompanhar.

Nandikki

  • *
  • Mensagens: 1385 Ouro: 644

    Participantes do Maps Together 2

  • Run!
    • Unity
    • Ver perfil
  • NightWalker
C# para iniciantes - Aula 1: Variáveis
Resposta 3 Online: 07 Ago 2017, 14:11
A cada dia que passa eu me assusto com a semelhança do C# e do Java. Muito boa a aula, May!

 

Versão Mobile