Visitante!
Faça seu Login ou Registre-se!

Galeria de Jogos

Apresentando Seu Personagem ao Público 10 Respostas | 310 Visualizações

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Marie Claire

  • *
  • Mensagens: 66 Ouro: 80
  • I'm barbie girl in a barbie world
    • Ver perfil
    • E-mail
Apresentando Seu Personagem ao Público
Online: 08 Jul 2016, 14:08
eu não sei fazer título curto :lol: :lol:

Intro
A primeira impressão é que fica, não é como diz o ditado? Talvez não, afinal tem muito personagem por aí que você acaba tendo que rever suas impressões sobre ele ou ela, então porque o autor fez esse erro, apresentar o personagem do jeito errado, dar uma má impressão ou características falsas, será que foi mesmo erro?

Vou ter dar um exemplo pessoal, e que todo mundo a minha volta também acabou tendo a mesma reação.

Spoiler
[close]

A primeira vez que ouvir falar dele, one punch man( que eu traduzir pra "homem de um soco só"), imaginei, ah ele luta normalmente, então quando coisa aperta ele usa o seu golpe especial, one punch.

Mais tarde eu ouvi, "ah ele é o homem mais poderoso do mundo", tsk, e não são todos?  Por fim eu vi uma screencap de um monstro virando pudim e resolvi dá uma chance.

Agora, 12 episódios de anime (6 Ovas), 9 volumes de manga depois, eu sei que essa minha percepção inicial é errada. Saitama não é o homem mais forte dá terra, ele é o homem mais forte do universo. E antes que eu abra meu power point nesse quesito, deixe me voltar ao ponto inicial.

Sua apresentação me levou a essa conclusão errônea, afinal ele não tem a aparência de um ser poderoso. Mesmo ouvindo relatos você dúvida. E o mais brilhante de tudo, isso não foi um erro, Saitama é duvidado de seu poder tanto no universo de ficção que vive e também no nosso universo. Ele também é um espelho para o One (Genos é Murata), mas a razão pela qual usei ele de exemplo é, sua apresentação quebra a quarta parede antes mesmo de conhecermos ele.



O que público espera vs. O que público receberá

A apresentação é o cartão de visita do personagem, mesmo que seja errônea a sua primeira impressão, não significa que não faça parte do personagem(ex: Saitama). Por outro lado, talvez você precise que a pessoa se ligue ao personagem de primeira, conflito está logo a frente e você não tem tempo de contar suas dores e perdas.

Como garantir que a pessoa goste do seu personagem então? Como ter certeza que sua introdução também conte o seu meio e fim?


Exemplo 1

Falando em quarta parede...
Spoiler
[close]

Enquanto que (até diretor lamentou) o filme corta parte importantes de sua caracterização (a cena na clínica de Guadalajara), sua apresentação foi perfeita(a cena na imagem é o video teste que ryan reynolds alguém vazou). Lembrando que não foi só os fãs que foram ver o filme, mas também gente que nunca conheceu ele, e
portanto a apresentação mais uma vez, é muito importante. Vamos fingir que não conhecemos ele, e tentar entender o que a apresentação passou.

Spoiler
  • Sentado na beirada de uma ponte extremamente movimentada( ou não se preocupa com a própria vida ou tem uma proteção extra, ambas verdades)
  • Está escutando música e dançando enquanto desenha(gosta do faz, não tem problemas com o que vai fazer a seguir)
  • Está fazendo um desenho infantil sendo um adulto (tem problema mentais, não sabe resolver coisas com maturidade)
  • Está se desenhando matando uma pessoa (tem muitos problemas.)
  • Interrompe o que está fazendo pois percebe que está sendo observado(consciente da quarta parede)
  • Interage com o público(capaz de quebrar a quarta parede)
  • Faz uma piada sobre como ele teve que prestar "serviços" para um homem[wolverine] para conseguir o filme.(não tem problema em passar a ideia de ser gay[não é seu caso já que é pansexual], não é homofóbico)
  • Finaliza pulando direto no carro com precisão(já fez isso antes, é muito habilidoso)
[close]

Em resumo, o público recebe exatamente o que lhe foi apresentado, Deadpool não evoluí, não "melhora", e pelo menos nesse filme ele recebe seu final "feliz".
spoiler mesmo:
Spoiler
Dizem que o dois não vai ser tão feliz assim.
[close]

Exemplo 2

Vamos ver um exemplo oposto agora
Spoiler
[close]

Passolargo ou Aragorn, é apresentado da forma mais escondida possível, nós o conhecemos no Pônei Saltitante, e apenas porque Frodo aponta. De fato, sua identidade real (real) não nos é revelada até mais perto do fim como é linkado ao um spoiler maior eu vou deixar assim, (sério se você não leu, por favor leia.)

O que público é apresentado a um mistério, pouco a pouco revelado e profundamente intricado com a história, a primeira impressão que temos é que realmente, Passolargo é um espião do mal, ou mandado para matar os hobbits e pegar o anel. Sua apresentação oculta ajuda tanto a esconder detalhes do plot, como adicionar mais uma camada de tensão e perigo.

De fato, seu personagem pode ser um grande instrumento para guardar segredos, mas esse não o ponto dessa aula.


Considerações Finais

Antes que eu faça esse post mais longo ainda e desista de postar eu vou reeinforçar o meu ponto. A apresentação do personagem não significa que tudo ao seu respeito tem ser de mostrado, ou que também uma impressão errônea é um erro, desde que usada com sabedoria e relativa ao plot, é sempre interessante fazer o público rever suas ideias, isso também abre porta para pequenos detalhes que poderiam passar despercebidos.

O jeito certo de apresentar o seu personagem é o que você quer que público espere, a partir desse ponto você decidi se quer contar o plot, se quer esconder coisas, se quer que ele seje amado primeiro e odiado depois, ou vice-versa.

Pode ser um processo meio complicado, mas minha dica final é, re-assista introduções que você ama, ou personagens que passou a amar e analise, escreva o que percebeu, tenho certeza que irá achar o jeito certo de introduzir o seu personagem.

Dúvidas e críticas, como sempre são bem-vindas, tenham uma boa-sexta-quase-fim-de-semana-eeeh  :wow:

Manec

  • *
  • Mensagens: 922 Ouro: 83
  • Creating a new save slot!
    • RPG Maker VX/Ace
    • Ver perfil
    • E-mail
  • Anel de RubiHeimhelmBladerPhoenix
Apresentando Seu Personagem ao Público
Resposta 1 Online: 08 Jul 2016, 14:34
Wow, mais um! Teclado deve tá pegando fogo shausahushausha
A apresentação do personagem é realmente muito importante. Exemplo: Como falavam do Zoro em One Piece, o "demônio cortador de piratas", em em alguns jogos, como o Ganondorf em Zelda, por que zelda é bom e ponto!  :*-*:
Brincadeiras a parte, bela aula, valeu por postar.

Marie Claire

  • *
  • Mensagens: 66 Ouro: 80
  • I'm barbie girl in a barbie world
    • Ver perfil
    • E-mail
Apresentando Seu Personagem ao Público
Resposta 2 Online: 08 Jul 2016, 14:48
Wow, mais um! Teclado deve tá pegando fogo shausahushausha
A apresentação do personagem é realmente muito importante. Exemplo: Como falavam do Zoro em One Piece, o "demônio cortador de piratas", em em alguns jogos, como o Ganondorf em Zelda, por que zelda é bom e ponto!  :*-*:
Brincadeiras a parte, bela aula, valeu por postar.


Como sempre fico feliz em ser de ajudar  :XD:

Ahiane

  • *
  • Mensagens: 397 Ouro: 401
    • RPG Maker VX/Ace
    • Facebook
    • Youtube
    • Ver perfil
    • E-mail
  • Mystic Eye
Apresentando Seu Personagem ao Público
Resposta 3 Online: 08 Jul 2016, 16:21
Ótima aula! Eu pelo menos me sinto muito insegura com relação a como as pessoas irão ver os meus personagens, quais elas irão gostar mais e etc. E a introdução deles dentro do jogo é de fato muito importante e algumas vezes desvalorizada, já que podemos cometer o erro de focar mais na introdução da história e deixar de lado a introdução das pessoas que fazem parte dela. :será:

Marie Claire

  • *
  • Mensagens: 66 Ouro: 80
  • I'm barbie girl in a barbie world
    • Ver perfil
    • E-mail
Apresentando Seu Personagem ao Público
Resposta 4 Online: 08 Jul 2016, 16:57
Ótima aula! Eu pelo menos me sinto muito insegura com relação a como as pessoas irão ver os meus personagens, quais elas irão gostar mais e etc. E a introdução deles dentro do jogo é de fato muito importante e algumas vezes desvalorizada, já que podemos cometer o erro de focar mais na introdução da história e deixar de lado a introdução das pessoas que fazem parte dela. :será:

Pois é, tanto a introdução de personagens quanto a de história é crucial, você está estabelecendo coisas novas e importantes para alguém que nunca viu antes, se torna bem complicado se você não tem nem ideia do que é mais importante( o que geralmente é o problema, tudo é novo, mundo, linguagens, tecnologia). Talvez eu revise e poste uma analise de como introduzir uma história ou mundo, veremos :clown:
Obrigado pelo apoio :*-*:

Corvo

  • *
  • Mensagens: 388 Ouro: 318

    Entregue ao(s) vencedor(es) do evento Contos de um Hallowen Esquecido.

  • I went out walking under an atomic sky...
    • RPG Maker VX/Ace
    • Ver perfil
  • Capacete de FerroPhoenixNightwalkerEbony ArmorAnel de Rubi
Apresentando Seu Personagem ao Público
Resposta 5 Online: 08 Jul 2016, 17:15
Boa matéria. A apresentação do personagem é a chave. A forma como ele é inserido no enredo determina se ele é visto como herói ou vilão. Mesmo que essa visão não o represente. Nunca me esqueço da frase do Sr. Barreto sobre como apresentar um personagem:

Conte uma verdade sobre ele.

Funciona que é uma maravilha.

Marie Claire

  • *
  • Mensagens: 66 Ouro: 80
  • I'm barbie girl in a barbie world
    • Ver perfil
    • E-mail
Apresentando Seu Personagem ao Público
Resposta 6 Online: 08 Jul 2016, 17:36
Boa matéria. A apresentação do personagem é a chave. A forma como ele é inserido no enredo determina se ele é visto como herói ou vilão. Mesmo que essa visão não o represente. Nunca me esqueço da frase do Sr. Barreto sobre como apresentar um personagem:

Conte uma verdade sobre ele.

Funciona que é uma maravilha.


Eu sinto que muitos aspectos podem ter o mesmo peso numa história, mas de forma diferente, eu estou tendo a oportunidade de dissecá-los um pouco aqui na comunidade(a verdade é que se eu pudesse escrever o quanto eu pensei, analisei e ainda adicionar os exemplos que queria ia ficar colossal). Mas no fim, tanto quanto na hora de explicar quanto nessa própria dica, "conte UMA verdade sobre ele.", menos vai ser sempre melhor.

Fico feliz por ter gostado da matéria  :wow:

Alisson

  • *
  • Mensagens: 2775 Ouro: 1715

    Vencedor CRM Awards - Melhor Mapper Vencedor CRM Awards - Melhor Maker Participantes do Maps Together 2

  • I bid you luck. Loochs tneve emag noitamina cisum.
    • Unity
    • Facebook
    • Steam
    • Youtube
    • Ver perfil
    • E-mail
  • Dragon ScalesPhoenixEspada CRMBreaklance
Apresentando Seu Personagem ao Público
Resposta 7 Online: 08 Jul 2016, 17:42
De fato, a apresentação de um certo personagem na trama é um fator muito importante que deve ser tratado com cuidado.
Geralmente ali o público terá a primeira visão de quem é aquela pessoa. Nós começamos a especular que tipo de personalidade ela tem, seja no olhar ou nas primeiras ações aparentes.

Vale notar que o estado do personagem ali difere do estado final em que ele se encontra no fim do seu desenvolvimento na trama.
Como por exemplo: Erza Scarlet de Fairy Tail foi apresentada como uma personagem durona e destemida, o que ela realmente é. No entanto são reveladas as fraquezas em seu coração e como ela supera essas fraquezas durante o desenrolar dos episódios, mudando completamente como vimos a personagem.

Ótima matéria.




Marie Claire

  • *
  • Mensagens: 66 Ouro: 80
  • I'm barbie girl in a barbie world
    • Ver perfil
    • E-mail
Apresentando Seu Personagem ao Público
Resposta 8 Online: 08 Jul 2016, 18:10
De fato, a apresentação de um certo personagem na trama é um fator muito importante que deve ser tratado com cuidado.
Geralmente ali o público terá a primeira visão de quem é aquela pessoa. Nós começamos a especular que tipo de personalidade ela tem, seja no olhar ou nas primeiras ações aparentes.

Vale notar que o estado do personagem ali difere do estado final em que ele se encontra no fim do seu desenvolvimento na trama.
Como por exemplo: Erza Scarlet de Fairy Tail foi apresentada como uma personagem durona e destemida, o que ela realmente é. No entanto são reveladas as fraquezas em seu coração e como ela supera essas fraquezas durante o desenrolar dos episódios, mudando completamente como vimos a personagem.

Ótima matéria.

Sim, sim concordo plenamente, mas como se trata apenas da apresentação e ideias iniciais que podem estar erradas(características que são mais fixas, não serão mudadas durante sua evolução), eu resolvi não mencionar esse ponto, até pelo fato de que já estava ficando bem longo.

Muito obrigada pela apreciação  :*-*:

Manec

  • *
  • Mensagens: 922 Ouro: 83
  • Creating a new save slot!
    • RPG Maker VX/Ace
    • Ver perfil
    • E-mail
  • Anel de RubiHeimhelmBladerPhoenix
Apresentando Seu Personagem ao Público
Resposta 9 Online: 08 Jul 2016, 20:53

eu estou tendo a oportunidade de dissecá-los um pouco aqui na comunidade
Perdão, de verdade, mas preciso fazer essa piada, faz parte de mim:


"Vou dissecar todos vocês!"-Doutor Stein, Soul Eater.


Enfim, pra não fugir do assunto do tópico, vou acrescentar algo, você me perdoa, né Alisson?
Eu acho legal apresentar personagens de forma cômica, sabe?
"Ele era um guerreiro capaz de arrancar cabeçar com seus fios de cabelo. Extremamente poderoso!"
Aí você chega pra ver o cara e no meio do caminho é pego por bandidos da montanha(exemplo), então o cara chega, você esperando um ato heroico e o miserável apanha junto com você, vocês se tornam amiguinhos e o jogo continua.
É meio idiota, mas eu acho legal, são surpresas clichês, mas engraçadas.
Outra coisa que acho legal, é quando isso acontece de forma inusitada, mesmo. A forma depende, mas eu adoro me surpreender, chego a ficar com os olhinhos brilhando, tipo assim:  :*-*:
É isso, só pela piada mesmo. Perdão, time verde  :o:):

Marie Claire

  • *
  • Mensagens: 66 Ouro: 80
  • I'm barbie girl in a barbie world
    • Ver perfil
    • E-mail
Apresentando Seu Personagem ao Público
Resposta 10 Online: 08 Jul 2016, 21:17
Capaz Manec, eu só não adicionei mais exemplos porque senão ia ficar muito grande e cansativo de ler, mas o seu exemplo é totalmente válido, de fato é um dos pontos que expliquei,  usar uma apresentação falsa para um efeito cômico é um ótimo exemplo, acabei usando só dois e opostos para tentar ser mais concisa, mas existem vários outros também que são importantes e boas introduções. :clown:

Brigado pelo input, talvez esse ponto não tivesse claro.  :O=O:

 

Versão Mobile