Visitante!
Faça seu Login ou Registre-se!

Galeria de Jogos

How to use: Fruit Loops [Pt1] 1 Respostas | 659 Visualizações

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Windshock

  • *
  • Mensagens: 271 Ouro: 65
  • Fica olhando o perfil dos outros, né?
    • Unity
    • Ver perfil
  • NightWalkerEbony Armor
How to use: Fruit Loops [Pt1]
Online: 10 Abr 2014, 19:12
How to use:       Fruit Loops   
Tutorial – Parte 1

Na realidade, não sei se posso dizer que sou um bom músico, mas sei que a parte mais difícil para um aspirante à sonoplasta é se adaptar a um editor. Nesse tutorial, vou passar a vocês meu conhecimento sobre o programa Fruit Loops, tentando rechear de ilustrações e exemplos.

Download do Software:
O download é da versão de Demonstração (Gratuita para testar), que a única desvantagem é não poder abrir os projetos no formato .fls, porém, através de um pequeno truque que vou ensinar conforme a aula isso não irá lhe afetar em nada.

Apenas clique aqui para baixar.

Conhecendo a Interface:
Pode não parecer amigável no inicio, mas a Interface é bem simples e com facilidade, futucando tudo, você pode aprender a função de cada coisa. Vou tentar ser detalhista ao citar as ferramentas.


Ferramenta: Step Sequencer

Essa ferramenta é uma das mais úteis, você vai usar muito essa ferramenta, é essencial você saber usá-la, e funciona usando o botão esquerdo do mouse para selecionar um dos 'quadradinhos' (variantes em cores vermelhas e cinzas dependendo da divisão de tempo, que vou explicar sobre mais tarde) para fazer um determinado som.

Já a função do botão direito do mouse é simplesmente tirar a seleção de um quadrado.

Através do botão mostrado ao lado, que é o ícone do teclado que fica na parte superior esquerda do Step Sequencer, você pode escolher um tom para uma sampler (Kick, Clap, Hat, Snare e Autogun), sendo que é possível ver qual está sendo selecionado pela luz verde que aparece entre eles. Seguindo a linha do quadrado, você pode escolher o tom apenas clicando em um e ouvi-lo apertando e segurando, ficando automaticamente vermelho.

Sendo que, esse teclado é apenas um facilitador da ferramenta Piano Roll, que é outra coisa que vou falar mais pra frente.

Agora uma coisa complicada e importante que deixei por último é o uso das Patterns, elas são colocadas em ordem na ferramenta Playlist, formando uma música, então você pode clicar no símbolo de + para adicionar uma Pattern, ou na setinha para selecionar uma delas. Entrando com mais profundidade nisso você pode notar que é possível clonar, dar cor e nome, deletar e até escolher ordem.

  Complementar 



O resultado salvo da imagem acima é o seguinte mostrado abaixo:



Ferramenta: Playlist

É uma ferramenta tão fácil de usar que eu não vejo nem necessidade de explicar.

Como citei anteriormente em Step Sequencer, você deve criar várias Patterns, e nelas ir fazendo os sons que quiser, daí você simplesmente abre a ferramenta Playlist (por padrão, quando o programa inicia, ela já vem aberta) e clica entre as linhas, a Pattern que estiver selecionada vai ser colocada naquela ordem da música.

Aproveitando que estou entrando nesse assunto, é muito importante falar desse adicional, você escolhe entre Pat e Song, sendo que, respectivamente, um é para ouvir apenas o som da Pattern e outro é para ouvir o que foi colocado em ordem e o que será salvo (Playlist). Os números na direita representam o tempo e a Pattern selecionada, clicando e deslizando com o mouse você pode mudar.

Ainda tem mini-icones na parte de cima da ferramenta, que tem funções também úteis, dêem uma olhada em suas funcionalidades, mesmo não sendo tão importantes.

  Complementar 



Eu criei várias Patterns e as coloquei em ordem, de uma forma bem organizada renomeando e dando cor e ícones às Tracks usadas, como mostrado na imagem, embora esteja bastante dissonante o resultado foi esse:



Ferramenta: Piano Roll

O Piano Roll é semelhante ao Step Sequencer, a diferença é que você pode especificar muito mais o tom, determinando a duração, e clicando duas vezes mudar o Pitch, Pan, Velocidade e etc., escolher Slide ou Porta numa janelinha chamada Note Properties, mostrada abaixo.

Infelizmente, devido a minha noobice, eu não sei explicar o que cada coisa significa, eu costumo apenas ir modificando e vendo se o resultado me agrada ou não, mas enfim, outra coisa que também é útil, é que você pode determinar o tempo de inicio e duração com mais profundidade, podendo mudar até em milésimos de segundos. Enquanto a janela estiver aberta você não pode tentar usar as outras ferramentas, então prepare tudo e depois clique em "Accept".

Mas mudando de assunto, você pode clicar em um Sampler (volte um pouco, para o começo da aula caso não se lembre o que é) com botão direito e clicar em "Send to Piano Roll", para mudar do sequenciador normal para o Piano Roll, e você logo que faz isso percebe a diferença.

Para mudar a duração de forma mais prática, você clica na ponta da nota (verde, você deve saber do que estou falando) e puxa para esquerda e direita. Clicando no meio você move completamente a nota e clicando com botão direito você apaga (como é em qualquer outra ferramenta, esse botão sempre tem essa função, e a função dela é trocada por dois cliques)

A ferramenta tem os mesmos botões da Playlist, que estão visíveis na parte superior esquerda, e para não precisar clicar duas vezes e selecionar Porta ou Slide, você clica nos ícones que estão logo embaixo, que aparentam ser um triangulo e uma barra ("/").

Caso você não aprenda a usar o Piano Roll, você não vai poder parar o que eu chamo de 'Delay infinito', que é, quando usa um instrumento como violino no sequenciador padrão do Step Sequencer, ele fica tocando sem parar, sem pausa, no Piano Roll você vai poder escolher a duração e o problema fica resolvido.

  Complementar 

Para essa ferramenta não vou fazer nenhum exemplo, devido ela apenas ser, para mim, apenas um adicional e o resultado seria semelhante a uma musica feita com a ferramenta Step Sequencer. Mas se houvesse um exemplo seria apenas uma amostra da manipulação de duração e slide/porta.

A última coisa, que também tem um alto nível de importância e que vou apenas explicar sem ilustrações, são as ferramentas que ficam na parte superior, mas, vou falar apenas da que fica no canto superior esquerdo, que são:

File: Não há nada que você não saiba, é o básico. Você pode criar um novo arquivo para edição, apagando o anterior ou criar um a partir de um template predefinido, abrir um arquivo, salvar, exportar ou importar e etc.

Edit: Aqui não há muita coisa, apenas o famoso Ctrl+Z (Undo), e algumas outras coisinhas de pouca importância.

Channels: Tem relação com a adição de mixers, patchers e samples, não uso muito então não sei explicar direitinho tudo aí, mas você pode mudar a ordem da Sample selecionada (Move up, move down), apagar, agrupar e dar cor as selecionadas.

View: Você apenas escolhe as janelas que serão mostradas na Interface do seu editor.

Options: Tudo relacionado as configurações do seu editor, há muita coisa dentro disso aí, como adição de um metrônomo e vários tipos de configurações.

Tools: Eu realmente não sei o que há aqui dentro, me desculpem, já tentei descobrir, mas na minha opinião é algo muito confuso, se descobrirem por favor digam.

Help: Como há em quase todos os programas, você pode ver tudo relacionado a suporte aí, tutoriais em inglês, links externos com algumas informações como FL Studio for Mobile, e também pode ver informações do produto e pode registrá-lo.

Selecionar através do Browser


Browser, gerenciador de arquivos interno do programa.

É simples, no Browser você abre pastas de Packs, seleciona Samplers, clica, segura e move até o Step Sequencer, daí a Sampler simplesmente é adicionada. Não há muita coisa mesmo para ser citado aqui, você pode ir clicando e explorando os recursos do seu programa, sendo que a maior parte fica na pastinha "Packs", se estiver a procura de sons de bateria por exemplo, você pode ver as que tem em Legacy e Drums.

Para facilitar o uso do programa, e tirar a necessidade de ficar sempre abrindo pastas e procurando por arquivos, você pode clicar em "Snap", na parte superior, e selecionar uma delas, cada Snap salva exatamente em que parte do browser você deixou antes de fechar o programa ou trocar de Snapshot.

Diretório de um solo de violino:
Packs  ► Instruments  ►  Orchestral  ► Strings Solo

Diretório de um som especificio de bateria (Cymbal):
Packs  ►  Drums  ►  Cymbals

Diretório de um mixer de bateria:
Packs  ►  Drums  ► Kits  ► Groove Bias multi out, Groove Bias, Rock multi out (...)

Infelizmente, como vocês podem notar, há uma grande diferença de qualidade do começo do tutorial ao fim dele, devido ao fato de eu ter perdido a inspiração de fazer no meio de sua montagem, mas, como podem ver, fiz até o fim e acabei deixando algumas coisas para trás. Espero que tenha sido útil à vocês. Aliás, esqueci de falar o meu segredo para ignorar a incapacidade de poder continuar arquivos .fls, depois eu edito e digo.
« Última modificação: 11 Abr 2014, 14:22 por Windshock »

hsznet

  • *
  • Mensagens: 96 Ouro: 275

    Vencedor CRM Awards - Melhor Sonoplasta

    • Unity
    • Ver perfil
Re: How to use: Fruit Loops [Pt1]
Resposta 1 Online: 20 Abr 2014, 16:56
Cara você precisa me dizer como faz para carregar arquivos .fls no modo gratuito, quando eu faço meus trabalhos eu tenho deixar aberto e fazer ele rápido isso me atrapalha em muito  :rick8: se puder me dizer fico grato

 

Versão Mobile